O FOCO DO MOSQUITO NÃO PODE DESVIAR O FOCO DA LAVA JATO!

EDITORIAL

Possenews em tempos de febre amarela traz a informação sobre os números graves da febre amarela, mas recomenda que não seja esquecida essa companhia de quase dois anos: Lava jato. A atenção e os cuidados no combate ao mosquito tem que ter o mesmo empenho daqueles empenhados diretamente no desdobramento dessa operação tão importante para os políticos do País, pois assim como a febre amarela pode, através da picada do inseto, o universo de alguns pode ruir se mexerem em alguns vespeiros… Vide BNDES. Ou irá ruir o País…

POSSENEWS ALERTA QUE CONFORME DIVULGADO EM http://portalsaude.saude.gov.br/ TODAS (TODAS!) AS CIDADES DO NORDESTE GOIANO ESTÃO SOB RECOMENDAÇÃO PARA VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA! NÃO QUER DIZER QUE HAJA SURTO OU PELO MENOS O MOSQUITO, MAS SÃO ÁREA DE ATENÇÃO.

Segundo divulgado pelo Ministério da Saúde, houve notificação de 555 casos de febre amarela, com a confirmação de apenas 87. Das 107 mortes relacionadas ao mosquito, apenas 42 foram confirmadas, pois para se confirmar é necessário exame específico. Os casos confirmados estão registrados em Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Segundo o informativo, não se confirmaram os casos possíveis no Distrito Federal. O caso citado no DF está sendo atribuído a contaminação no Estado de Goiás.

A definição do destino dado às delações que estavam sob os cuidados do falecido Ministro Teori Zavascki será dada na próxima semana, que inicia no dia 30, tanto podendo ser definida pela Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministra Carmem Lúcia, como por um novo relator na condução do citado processo tão importante para as estruturas da Operação Lava jato, pois envolve a validação da delação premiada de 77  executivos da Odebrecht. Correm notícias em bastidores do envolvimento de mais de 200 políticos, sendo que cerca de 150 ocupariam cargo no Congresso Nacional, berço da ética, da cidadania, do legal… Nascem ali, mas o destino a eles (ética, cidadania, legalidade) dados são incertos, desconhecidos, tenebrosos. Algumas perguntas não querem calar: quem seriam os demais? Será que as listas que proliferam, que pululam pelas redes sociais têm alguma veracidade? Elas trazem inclusive o valor atribuído a cada autoridade que recebeu o “benefício”.

O Governo Brasileiro, muito preocupado com esse surto de febre amarela está mobilizando esforços no sentido de se adquirir, distribuir e aplicar a vacinação em locais de risco e tem sido generoso nas orientações dadas às pessoas que residem em locais de risco. O Entorno do Distrito Federal tem sido objeto de muita atenção, pois consta que mais de 80 cidades brasileiras estão sob investigação para que se estabeleça o controle. Já é o maior surto da doença desde o ano 2000 e para combatê-lo, serão distribuídas 11,5 ~milhões de doses em caráter emergencial. Quem deve se vacinar? Aguarde o parágrafo que volta ao tema.

Possenews recusa-se a vincular notícias a partidos políticos citando seus nomes e/ou siglas por entender que em sua maioria são empresas de fachadas dotadas de toda uma estrutura criminosa para dilapidar o país e este site não é político nem está a serviço de nenhum, pois sempre terá respeito por aqueles cidadãos que sejam dignos, éticos, probos e que cumpram com o papel para o qual foi eleito (independente do cargo) ou se não tem cargo eletivo por ter sido rejeitado no voto popular que seja coerente com sua postura anterior e respeite quem hoje governa pela vontade da maioria, com cobranças legítimas e prudentes. O desespero toma conta desses que se locupletaram! O que mais assusta são os valores! Fala-se com tanta facilidade em cortar benefícios de trabalhadores para economia do erário, em botar abaixo direitos de trabalhadores de um modo geral, de qualquer categoria, inclusive levando nome de “vagabundo” por pretenderem se aposentar, sem que se pense que a plebe, a ralé não assume compromissos financeiros que dilapidam o erário da nação e nem paga milhões para divulgar o que faz (mesmo que não tenha feito: olha o Cabral! Não o Pedro Álvares, claro – ou será que até ele???). A aposentadoria do servidor poderia perfeita e tranquilamente ser paga com esses “parcos” valores corrompidos já citados pela Lava jato (não se fale em BNDES). Caro não é o trabalhador é o corrupto! Caro não é construir escola de qualidade e investir no professor qualificado, caro é prender presos e gastar tubos de dinheiros para “pedir” a eles que aceitem ficar onde estão… Por favor…

A febre amarela é uma infecção viral transmitida por determinadas espécies de mosquitos que pode ser evitada por meio de vacina e tem como sintomas náusea e dor de cabeça. A vacinação deve ser prioridade sempre, principalmente para quem vai viajar. Nos demais casos o indicado é o uso de duas doses, seja adulto ou criança. O ideal para crianças é que sejam vacinadas  aos nove meses e aos quatro anos de idade. É uma boa proteção. Quanto aos adultos que não tiveram oportunidade na infância, recomenda-se que tome uma dose da vacina quando possível e busque o reforço com outra aplicação passados dez anos da primeira. A informação foi divulgada pela Coordenadoria do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Lembrando que quem não está em áreas consideradas de risco, nem vai viajar para locais nessa situação não precisa buscar vacinação.

Semana emocionante: todo mundo vacinando e aguardando os rumos da Lava jato.

 

 

Salvar

Salvar